PUBLICIDADE
Topo

Política

Conteúdo publicado há
6 meses

Moro e Olavo de Carvalho discutem no Twitter após general criticar governo

Sergio Moro defendeu general Santos Cruz de críticas de Olavo de Carvalho - Marcos Oliveira/Agência Senado
Sergio Moro defendeu general Santos Cruz de críticas de Olavo de Carvalho Imagem: Marcos Oliveira/Agência Senado

Do UOL, em São Paulo

17/11/2020 08h57Atualizada em 17/11/2020 14h28

O ex-ministro da Justiça Sergio Moro e Olavo de Carvalho, considerado o guru da família Bolsonaro e seus aliados, discutiram no Twitter em razão de uma crítica do general Carlos Alberto dos Santos Cruz a integrantes do governo.

Em entrevista ao site O Antagonista, o ex-ministro da Secretaria da Presidência falou em "pessoal limitado, que coloca tudo em termos de direita e esquerda" ao se referir a aliados do presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

Olavo de Carvalho atacou o general pela declaração e usou a expressão "Seja homem", o que causou indignação de Moro. O ex-ministro respondeu que Santos Cruz "é muito mais corajoso do que aqueles que usam as redes para atacar de longe a honra de pessoas do bem e das Forças Armadas".

A resposta de Moro gerou tréplica de Olavo de Carvalho, que atacou o ex-juiz em uma série de tuítes, sendo que um deles o chamou de traidor. Moro integrou o Governo Bolsonaro até abril deste ano, quando pediu demissão alegando tentativa de interferência de Bolsonaro na Polícia Federal.

O general Santos Cruz tem se manifestado criticamente ao governo Bolsonaro. Na última semana, o ex-ministro disse que estava "cansado de show" em resposta à fala do presidente de que o Brasil parecia um "país de maricas" no combate à pandemia do novo coronavírus.

Política