PUBLICIDADE
Topo

Política

Conteúdo publicado há
2 meses

Ciro diz que Lira vive clima de 'já ganhou', mas crê que nada está definido

Ciro Gomes disse que o objetivo do PDT é conter Bolsonaro  - Reprodução/YouTube
Ciro Gomes disse que o objetivo do PDT é conter Bolsonaro Imagem: Reprodução/YouTube

Colaboração para o UOL

15/12/2020 14h12

Ciro Gomes (PDT) se reuniu hoje com Rodrigo Maia (DEM) para debater sobre a eleição para presidente da Câmara dos Deputados. Ao sair do encontro, ele afirmou que um dos candidatos, Arthur Lira (PP), vive um clima de "já ganhou" na disputa.

Ciro falou isso quando foi perguntado sobre a dificuldade para definir o nome que será apoiado por Maia. Ele explicou que esse clima de "já ganhou" atrapalhou o acordo do atual presidente com outros partidos. Apesar desse problema, Ciro mostrou otimismo.

"Minha opinião pessoal é que estabeleceu-se um clima de 'já ganhou' da candidatura mais vinculada ao Bolsonaro. E isso desestabilizou psicologicamente. Precisamos reestabelecer essa psicologia porque precisamos mostrar como é evidente que o jogo ainda está sendo jogado. Não está definido. Os gestos que fomos capazes de produzir vai (sic) reequilibrar esse jogo com certeza", apostou Ciro.

O ex-candidato a presidente não quis antecipar qualquer definição sobre o nome que deve ser apoiado pelo PDT. Só disse que o presidente da legenda, Carlos Lupi, vai detalhar isso em breve. Mas antecipou quais foram as exigências feitas na reunião.

"O que podemos fazer, minoria que somos, é exponencializar nossa força pelo diálogo política com outras forças que tenham ponto de afinidade. Quais são elas? É a contenção do Bolsonaro nos limites da democracia, o que já vimos que não é trivial. E é a contenção de danos dessa agenda anti-povo, anti-nacional e anti-liberdades", explicou Ciro.

Atualmente Maia cogita principalmente apoiar as candidaturas de Aguinaldo Ribeiro (PP) e Baleia Rossi (MDB), com Marcos Pereira (Republicanos) correndo por fora.

Política