PUBLICIDADE
Topo

Política

Conteúdo publicado há
1 mês

Ramos diz que tomou vacina escondido e tenta fazer Bolsonaro se imunizar

Ramos admitiu que vem tentando convencer Bolsonaro a se imunizar contra a covid-19 - Frederico Brasil/Futura Press/Estadão Conteúdo
Ramos admitiu que vem tentando convencer Bolsonaro a se imunizar contra a covid-19 Imagem: Frederico Brasil/Futura Press/Estadão Conteúdo

Colaboração para o UOL

27/04/2021 21h07Atualizada em 27/04/2021 22h14

O ministro da Casa Civil, Luiz Eduardo Ramos, disse hoje, durante a reunião do Conselho de Saúde Suplementar, que se vacinou escondido. De acordo com a reportagem da CBN, a orientação partiu do Planalto. O áudio foi divulgado pela rádio, que conseguiu a íntegra da gravação.

"Tomei escondido, né, porque a orientação era... (inaudível). Como qualquer ser humano, eu quero viver, pô. Se a ciência e a medicina (sic) dizendo que é a vacina, né, Guedes, quem sou eu para me contrapor?", disse o ministro.

A reunião foi transmitida ao vivo pela internet, mas o chefe da Casa Civil e os demais ministros presentes não sabiam disso.

Ramos ainda admitiu que teme pela vida do presidente Jair Bolsonaro (Sem Partido) e que vem tentando convencê-lo a se imunizar contra a covid-19.

"Estou envolvido pessoalmente, tentando convencer o nosso presidente. Nós não podemos perder o presidente para um vírus desses. A vida dele, no momento, corre risco", afirmou.

Política