PUBLICIDADE
Topo

Política

Conteúdo publicado há
2 meses

Dimas se diz surpreso por Pazuello negociar vacina: 'história subterrânea'

O ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello aparece em vídeo negociando doses da Coronavac com intermediários - Jefferson Rudy/Agência Senado
O ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello aparece em vídeo negociando doses da Coronavac com intermediários Imagem: Jefferson Rudy/Agência Senado

Do UOL, em São Paulo

16/07/2021 20h53

O diretor do Instituto Butantan, Dimas Covas, comentou hoje o vídeo do ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello e disse que a gravação mostra uma história subterrânea contra a instituição.

"Fui absolutamente supreendido [pelo vídeo], isso demonstra uma história subterrânea, de fato, contra o Butantan, isso fica claro a partir dessas constatações", disse ele em entrevista ao canal GloboNews.

"Se tivesse sido interpelada a Sinovac, ela teria diretamente emitido essa opinião, parceiro da Sinovac no Brasil é o Butantan, não tem como se falar em doses sem passar pelo Butantan, que é o que prevalece até hoje", continuou.

O jornal Folha de S.Paulo obteve um vídeo que mostra Pazuello prometendo a um grupo de intermediadores a compra de 30 milhões de doses da Coronavac pelo triplo do negociado com o Butantan.

No vídeo, o general se encontra com quatro pessoas que seriam representantes da World Brands, empresa catarinense que lida com comércio exterior. A empresa ofereceu a unidade do imunizante por US$ 28, enquanto o contrato com o Butantan para adquirir 100 milhões de vacinas, já fechado na época, fixava US$ 10 por dose.

Política