PUBLICIDADE
Topo

Política

Conteúdo publicado há
5 meses

'Desfile militar é tentativa de intimidar Parlamento', diz Kim Kataguiri

Do UOL, em São Paulo

10/08/2021 08h58

O deputado federal Kim Kataguiri (DEM-SP) classificou o desfile militar que ocorreu hoje em Brasília como uma tentativa do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) de intimidar o Congresso e o STF (Supremo Tribunal Federal).

Em entrevista à Globonews, o parlamentar disse que o mandatário foi irônico na nota em que convidou autoridades para o desfile. Para ele, ao assinar o comunicado como "Chefe Supremo das Forças Armadas", Bolsonaro quis fazer uma provocação.

"Sem dúvida é uma sinalização de fraqueza. O presidente da República está dando um tiro no pé, tenta intimidar o Parlamento colocando as Forças Armadas na rua para fazer um desfile que nunca aconteceu antes, essa desculpa de 'é previsto, acontece todos os anos, já estava marcado' não cola, porque nunca precisou de desfile militar, muito menos em Brasília, para convidar o presidente da República, que todos os anos é convidado a assistir esse exercício militar", disse Kataguiri.

"A nota do presidente da República deixa muito claro que ele quer intimidar os parlamentares, que ele quer intimidar o Supremo Tribunal Federal. num momento em que ele está acuado por acusações", acrescentou o parlamentar.

O desfile ocorreu no mesmo dia em que a PEC (proposta de emenda à Constituição) 135/19, que estabelece o voto impresso, irá para votação no plenário da Câmara dos Deputados.

"O presidente Jair Bolsonaro tenta com a PEC do voto impresso não é tornar o sistema mais seguro, a gente tem alternativas modernas para pensar num sistema mais seguro. O que ele quer é tirar credibilidade das eleições, já prevendo sua própria derrota, ele prepara campo para golpe, para não sair do poder", avaliou o deputado.

Política