PUBLICIDADE
Topo

Política

Conteúdo publicado há
1 mês

Paraíba: Deputado não se vacina, e AL volta a suspender sessões presenciais

Cabo Gilberto Silva (PSL) é o único dos 36 parlamentares da Assembleia Legislativa da Paraíba que não se vacinou contra a covid-19 - Divulgação
Cabo Gilberto Silva (PSL) é o único dos 36 parlamentares da Assembleia Legislativa da Paraíba que não se vacinou contra a covid-19 Imagem: Divulgação

Colaboração para o UOL, em João Pessoa

06/10/2021 20h25

A Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) decidiu suspender novamente as atividades presenciais até que o deputado Cabo Gilberto Silva (PSL) tome a vacina contra a covid-19. O político é o único entre os 36 parlamentares da Casa que ainda não tomou o imunizante. A decisão pela suspensão foi tomada um dia após o retorno das sessões presenciais.

Ontem, Silva contrariou a decisão da Casa — de que apenas pessoas vacinadas poderiam entrar na Assembleia — e compareceu à sessão, apresentando um exame negativo para covid-19. Também ontem, a AL aprovou o projeto de lei que regulamenta a política de utilização da vacina contra a covid-19 na Paraíba, o chamado 'passaporte da vacina'. O projeto recebeu 20 votos favoráveis e sete contrários.

No Twitter, o deputado disse que "não posso aceitar que o direito fundamental das pessoas que, por motivos diversos, optaram por não terem o passaporte sanitário nesse momento, seja tolhido". O parlamentar destacou ainda que "a lei que foi aprovada hoje na Assembleia Legislativa da Paraíba configura uma grave violação dos direitos fundamentais". O político chegou a afirmar que tomaria a vacina, mas não falou quando deve fazer isso.

Na tribuna, o presidente da Casa, o deputado Adriano Galdino, ouviu os apelos dos parlamentares presentes, que pediram que Cabo Gilberto cumpra a resolução da AL e se vacine.

Porém, Galdino disse que não usaria a força para impedir que o colega deputado entre no prédio. Como cabo Gilberto descumpriu a resolução e foi à sessão presencial, outro deputado apresentou questão de ordem para que fossem retomadas as sessões de forma online.

Política