PUBLICIDADE
Topo

Política

Sakamoto: Bolsonaro mantém polarização com STF por estratégia eleitoral

Colaboração para o UOL

28/01/2022 18h44

Em participação ao UOL News da noite de hoje, o colunista Leonardo Sakamoto afirmou que o presidente Jair Bolsonaro (PL) estabelece uma polarização com ministros do STF (Supremo Tribunal Federal) e com o TSE (Tribunal Superior Eleitoral) para manter estratégia eleitoral. Sakamoto repercutiu o fato de o presidente não ter comparecido à Polícia Federal, onde prestaria depoimento hoje, às 14h.

Para Sakamoto, ao brigar com o Supremo, por exemplo, Bolsonaro se coloca como um grande "paladino da liberdade individual", deixando seus seguidores radicais enlouquecidos.

"Bolsonaro precisa, portanto, continuamente alimentar, dar uma reação de polêmicas para seu rebanho, para que continue próximo, defendendo e votando nele", avaliou o jornalista.

"Essa polarização que estabelece com ministros Alexandre de Moraes e Luís Roberto Barroso faz parte de uma estratégia eleitoral", acrescentou.

O ministro Alexandre de Moraes, do STF, rejeitou recurso em que AGU (Advocacia-Geral da União) pedia o adiamento do depoimento de Bolsonaro à PF. Com a decisão, fica mantida a determinação para que o presidente compareça à audiência.

O presidente é investigado por ter divulgado em suas redes sociais, em agosto do ano passado, documentos sobre uma tentativa de invasão aos sistemas do TSE (Tribunal Superior Eleitoral). O objetivo do presidente, à época, era questionar a segurança das urnas eletrônicas.

Política