PUBLICIDADE
Topo

Política

Conteúdo publicado há
1 mês

Kennedy Alencar: Máscara de Arthur do Val caiu; cassação é pedagógica

Colaboração para o UOL, em São Paulo

17/05/2022 19h24

A Alesp (Assembleia Legislativa de São Paulo) acertou na decisão de cassar o mandato do ex-deputado estadual Arthur do Val, que fica inelegível por oito anos, disse o colunista Kennedy Alencar, durante participação no UOL News.

Por unanimidade, todos os presentes no plenário da Alesp hoje votaram a favor da cassação do integrante do MBL (Movimento Brasil Livre). O ex-parlamentar foi cassado após o vazamento de áudios com comentários sexistas sobre as mulheres ucranianas. "Parabéns para a Assembleia Legislativa de São Paulo. A fala, além de machista, é criminosa", afirmou Kennedy.

O político conhecido como Mamãe Falei renunciou ao mandato em abril numa tentativa de evitar a continuidade do processo, aberto após vazar um áudio em que ele disse que as mulheres ucranianas "são fáceis porque são pobres".

"Ele assediou mulheres pobres e em situação de vulnerabilidade. É um bom exemplo que a assembleia dá", avaliou o colunista do UOL.

"[Do Val] é mais um hipócrita que criticava a velha política como Bolsonaro", completou Kennedy, acrescentando que Arthur do Val e o MBL apoiaram a eleição do presidente da República.

É pedagógico e foi importante que ele fosse cassado mesmo tentando escapar com a renúncia porque o que ele fez foi muito grave, rebaixa o Brasil no cenário internacional e é muito ruim que um parlamentar desempenhe esse tipo de papel. Kennedy Alencar, colunista do UOL

"É um falso moralista, alguém cuja máscara caiu. Só posso dizer que a Alesp está de parabéns por essa decisão", concluiu o jornalista.

Assista mais notícias no UOL News:

Política