Topo

Conteúdo publicado há
10 meses

Bergamo: Lula não está escolhendo 'entregar' Marina; Congresso é que manda

Colaboração para o UOL, em São Paulo

26/05/2023 09h15

A colunista da Folha de S.Paulo Mônica Bergamo avalia que o esvaziamento do Ministério do Meio Ambiente e o enfraquecimento de Marina Silva comprovam a força do Congresso, que deixa Lula em situação complicada.

Não adianta: tem que entregar alguns anéis para ficar com os dedos. A pauta ambientalista e indígena sofre fortíssima oposição no Congresso, que tem uma bancada ruralista muito forte e organizada. Não é o Lula quem está escolhendo 'entregar' Marina e dar esses dois ministérios em troca da Casa Civil. É porque o Congresso quer e manda nesse caso. Mônica Bergamo, colunista da Folha de S.Paulo

Em participação no UOL News, Bergamo revelou que, em conversa com pessoa próxima ao governo, a análise é de que Lula está "sob cerco". A ausência de uma base sólida no Congresso obriga o presidente a fazer concessões e concentrar seus esforços em outras prioridades se quiser ter alguma paz, como destacou a colunista.

Existe uma análise muito realista de que Lula comanda um governo sob cerco. Há uma oposição dentro do aparato estatal e uma opinião pública dividida. Ele só tem 130 votos leais no Congresso. Essa é a realidade. Ele tem muito menos instrumentos institucionais para fazer a política que gostaria. Essa pessoa me disse que o governo ou foca na economia para sobreviver, fortalecer-se e, de alguma forma, não deixar que os direitos ambientais e indígenas sejam dizimados, ou vai tudo por água abaixo. Mônica Bergamo, colunista da Folha de S.Paulo

Josias: Governo Lula dá dois tiros no pé com iniciativa de carros populares

Josias de Souza criticou a iniciativa do governo federal para incentivar a produção e a venda de carros populares no Brasil. O colunista mostrou-se preocupado com a falta de contrapartida para a indústria automobilística, o que pode colocar em risco diversos empregos.

Não consigo ver lógica nessa iniciativa do governo. Fica a impressão de que a nova política industrial do governo é muito velha. Vejo dois tiros no pé: um acertou o Fernando Haddad e o outro, de novo, na Marina Silva. O carro popular não é tão popular assim, já que vai sair na casa dos R$ 60 mil. Não vejo nexo nessa iniciativa. Josias de Souza, colunista do UOL

Josias: Empresa de Eduardo Bolsonaro nos EUA tem cara de arapuca da ultradireita

Para Josias de Souza, a revelação de que Eduardo Bolsonaro é sócio nos EUA de empresário que apoiou os atos golpistas de 8 de janeiro, como mostra reportagem exclusiva do UOL, parece mais uma "arapuca de ultradireita". O colunista questionou os motivos de haver tanto mistério em torno das atividades desta empresa.

O problema é justamente não sabermos o que está por trás. Considerando-se as habilidades dos sócios, a coisa está mais próxima de uma arapuca de ultradireita do que de um empreendimento convencional. A derrota eleitoral de Bolsonaro revelou que o golpismo não é politicamente rentável, mas parece que o filho e os sócios dele imaginam que a insensatez pode dar algum dinheiro. Josias de Souza, colunista do UOL

O UOL News vai ao ar de segunda a sexta-feira em três edições: às 8h, às 12h com apresentação de Fabíola Cidral e às 18h com Diego Sarza. O programa é sempre ao vivo.

Quando: de segunda a sexta, às 8h, às 12h e 18h.

Onde assistir: Ao vivo na home UOL, UOL no YouTube e Facebook do UOL.

Veja a íntegra do programa: