Conteúdo publicado há 11 meses

Lula diz que envolvidos em agressão contra Moraes são 'animais selvagens'

O presidente Lula (PT) afirmou hoje que os envolvidos na agressão contra Alexandre de Moraes e o filho do ministro no aeroporto de Roma são "animais selvagens".

O que aconteceu:

Lula diz que é preciso punir "severamente" as pessoas que transmitem o ódio. Na última sexta (14), Moraes foi hostilizado por três brasileiros e seu filho foi agredido, segundo a ocorrência enviada à PF.

Ele acrescentou que é necessário ser duro com quem "renasceu no neofascismo colocado em prática no Brasil" para que essas pessoas "aprendam a ser civilizadas".

Lula fez a declaração em coletiva de imprensa hoje em Bruxelas. Antes de voltar ao Brasil, ele visita hoje a cidade de Praia, capital de Cabo Verde, onde encontra o presidente José Maria Neves.

Nós precisamos punir severamente pessoas que ainda transmitem o ódio, como o cidadão que agrediu o ministro Alexandre de Moraes no aeroporto de Roma. Quer dizer, um cidadão desse é um animal selvagem, não é um ser humano.
Presidente Lula

Advogado rebate falas do presidente

Ao UOL, o advogado dos supostos agressores de Alexandre de Moraes chamou a análise de Lula de "pré-julgamento".

Com todo o respeito devotado ao presidente Lula, suas colocações representam precipitado pré-julgamento de fatos que ele provavelmente desconheça. Tivesse conhecimento do que realmente ocorreu com essa família, sua manifestação muito provavelmente seria outra. As imagens do aeroporto, tão logo disponibilizadas, evidenciarão a grande injustiça a que essas pessoas estão sendo submetidas.
Ralph Tórtima Filho

Deixe seu comentário

Só para assinantes