Conteúdo publicado há 9 meses

'Menorzinho', PSDB foi 'destroçado' por Doria, diz Aécio: 'Um tsunami'

O deputado federal Aécio Neves (MG) afirmou que o PSDB ficou "menorzinho" após as eleições de 2022 e disse que o partido foi "destroçado" pelo ex-governador de São Paulo João Doria. As declarações foram dadas em entrevista ao jornal O Estado de São Paulo.

O que aconteceu

Para o cacique tucano, Doria teve "ingenuidade" ao achar que poderia ser presidente. "O 'seu' João Doria (ex-governador de São Paulo) foi um tsunami na vida do PSDB. Nós, hoje, estamos vivendo as consequências daquilo. Doria até pode, na sua ingenuidade política, ter achado que seria candidato à Presidência, mas nunca seria. Ele estava, na verdade, impedindo que o PSDB tivesse uma candidatura", disse Aécio.

Na avaliação do deputado, o partido "perdeu muito" com as atitudes do colega de partido. "As consequências do projeto eleitoral do Doria foram gravíssimas, foram devastadoras, sobretudo na nossa representação congressual. Mas não perdemos a nossa essência", acrescentou.

O parlamentar também defendeu que o PSDB seja mais duro na oposição a Lula. "Acho que temos de ser um partido mais propositivo. Temos de endurecer nosso discurso oposicionista. Não dá para ficar nesse nem-nem que ninguém sabe o que é. Precisamos liderar essa fração da sociedade que votou no Lula contra o Bolsonaro, mas não é petista, e vice-versa", afirmou.

Doria tentou ser candidato a presidente

O ex-governador de São Paulo desistiu de ser candidato à Presidência em maio do ano passado após a pressão de seu partido para que desistisse de sua campanha. À época, a cúpula tucana praticamente chegou a um consenso sobre o apoio à candidatura da senadora Simone Tebet (MDB), que acabou não sendo eleita e assumiu o Ministério do Planejamento e Orçamento de Lula.

Vencedor das prévias internas do PSDB, em novembro de 2021, o tucano renunciou ao governo paulista em março de 2022 na expectativa de sair candidato ao Planalto, mas perdeu apoio e foi preterido na disputa pela vaga.

Deixe seu comentário

Só para assinantes