Conteúdo publicado há 18 dias
OpiniãoPolítica

Reinaldo: Bolsonaristas querem ser deputados nos EUA e mostram ódio ao povo

O colunista do UOL Reinaldo Azevedo afirmou que os parlamentares bolsonaristas que foram aos EUA ontem gostariam de ser deputados por lá e demonstram ódio ao povo brasileiro.

Você vê o ódio ao próprio povo, é o povo brasileiro. Eles não gostam do Brasil. (...) gostariam de ser deputados nos Estados Unidos, só que são brasileiros e, sendo brasileiros, se comportam como adversários do país e como inimigos da democracia. Reinaldo Azevedo

Os deputados Gustavo Gayer (PL-GO) e Eduardo Bolsonaro (PL-SP) gravaram vídeos dizendo que iriam denunciar a falta de liberdade no Brasil. Para o colunista, o comportamento dos parlamentares é que ameaça à democracia.

Importante lembrar que essa gente estava apoiando golpe de Estado até outro dia. Esses são os apoiadores dos atos de 8 de janeiro. É o filho do ex-presidente, que passou quatro anos pregando golpe de Estado, e esse Gustavo Gayer é uma das pessoas mais detestáveis da Câmara. (...) estão denunciando agressões ao Estado de direito que simplesmente não existem. Reinaldo Azevedo

Reinaldo questionou ainda se os parlamentares viajaram com o dinheiro público.

Estão viajando com o dinheiro próprio ou com o dinheiro do povo? Se é com o dinheiro do povo, estão tomando o dinheiro público para fazer uma falsa denúncia... É o caminho que a extrema direita tomou no Brasil, para infelicidade do pensamento conservador. Todas as sociedades democráticas têm progressistas e conservadores, é parte do jogo e que bom que existe pensamento conservador democrático. Aliás, a ideia de conservadorismo só faz sentido se for conservar a democracia. Reinaldo Azevedo

***

O Olha Aqui! vai ao ar às segundas, quartas e quintas, às 13h.

Onde assistir: Ao vivo na home UOL, UOL no YouTube e Facebook do UOL.

Continua após a publicidade

Opinião

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes