Conteúdo publicado há 1 mês

Erika Hilton se torna primeira mulher trans a comandar bancada no Congresso

A deputada Érika Hilton foi escolhida como nova líder da Federação PSOL-Rede no Congresso Nacional. A parlamentar se tornou a primeira pessoa transexual a liderar uma bancada na Câmara.

O que aconteceu

Érika foi escolhida como a nova líder nesta quarta-feira (21). Decisão foi tomada pela bancada de parlamentares da Federação na primeira reunião do ano legislativo.

A deputada vai liderar um grupo de 14 parlamentares. O cargo era ocupado pelo deputado Guilherme Boulos (PSOL-SP). Ele vai deixar o posto para se dedicar a campanha para prefeitura de São Paulo.

Érika Hilton disse que ser escolhida para liderar a bancada é uma "honra". "Absolutamente maior será a nossa responsabilidade frente às ofensivas da extrema direita e do centrão, afirmou.

A parlamentar também celebrou a escolha nas redes sociais. "Vai ter líder travesti. Muito orgulhosa se ter sido indicada de maneira unânime como nova líder da bancada do PSOL-Rede na Câmara. Pela 1ª vez na história uma mulher trans liderará uma bancada no Congresso e negociará de igual para igual com todos os líderes partidários, na defesa do projeto eleito em 2022 e na base do governo", escreveu.

Deixe seu comentário

Só para assinantes