Conteúdo publicado há 1 mês

Bancada Feminina na Câmara repudia fala de Ciro Gomes: 'Crime grave'

A Bancada Feminina da Câmara dos Deputados repudiou uma fala do ex-ministro Ciro Gomes (PDT-CE) sobre a senadora Janaína Farias (PT-CE), suplente do ministro da Educação, Camilo Santana. Em uma entrevista, Ciro disse que a parlamentar prestou serviços de "harém" ao ministro, rival político dele no Ceará.

O que aconteceu

A bancada prestou solidariedade por meio da Secretaria da Mulher da Câmara, na quarta-feira (10). "O proferimento de tais palavras não consiste apenas na manifestação da cultura da misoginia que há no nosso país, confirmada pelo comportamento do ex-governador, configura também um crime grave contra a parlamentar ofendida e contra a democracia brasileira".

O documento divulgado pelas deputadas também relembra outras falas machistas de Ciro Gomes. "Diante dessas considerações, repudiamos com veemência a fala do ex-deputado e o desrespeito ao que está posto na Lei da Violência Política criada para prevenir e combater este tipo de comportamento".

O texto é assinado por quatro deputadas federais: Benedita da Silva (PT-RJ), Soraya Santos (PL-RJ), Maria Rosas (Republicanos-SP) e Yandra Moura (União-SE).

Senado também repudia

Na segunda-feira (8), a bancada feminina do Senado já havia repudiado a fala de Ciro Gomes. Na ocasião, o grupo prestou solidariedade à senadora Janaína Farias.

"Esses ataques são repugnantes e absolutamente inaceitáveis, refletindo uma postura pessoal de desvalorização das mulheres e uma resistência preocupante à participação feminina em espaços de poder e decisão", diz trecho do documento divulgado.

Janaína disse que vai processar o ex-ministro. Ela afirmou ao jornal O Globo que ficou "extremamente indignada" com a entrevista do ex-presidenciável à rede A Notícia do Ceará. Para ela, a punição é necessária para impedir que outros homens se sintam "confortáveis para continuar fazendo esse tipo de ataque às mulheres".

*Com informações do Estadão Conteúdo

Deixe seu comentário

Só para assinantes