Topo

EUA aprovam teste caseiro para detectar HIV

Em Washington

03/07/2012 18h20

Os Estados Unidos anunciaram nesta terça-feira (3) a autorização para a venda do primeiro kit para o teste caseiro do HIV, vírus causador da Aids.

Com o nome de OraQuick In-Home, o kit deve estar disponível a partir de outubro, em 30 mil pontos de venda americanos, segundo a fabricante. O resultado demora de 20 a 40 minutos.

A agência reguladora de alimentos e medicamentos americana (FDA) e a fabricante do kit, OraSure Technologies, consideraram a autorização um avanço no diagnóstico de infecções provocadas pelo HIV.

O teste envolve a coleta de uma amostra de saliva com o uso de um cotonete. A FDA assinalou que um resultado positivo não significa, necessariamente, que a pessoa esteja infectada. Neste caso, um teste adicional deve ser feito por profissionais.

"Da mesma forma, um resultado negativo não significa que o indivíduo esteja livre do HIV, principalmente quando a exposição tiver acontecido menos de três meses antes do teste", explicou a agência.

Segundo a OraSure Technologies, ainda não foi definido o preço do kit, mas ele deve ser superior aos 17 dólares cobrados por um similar vendido para hospitais, clínicas e médicos.

O Centro para Controle e Prevenção de Doenças estima que 1,2 milhão de pessoas vivam com o HIV nos Estados Unidos. Destas, uma em cada cinco não sabe que está infectada. Cerca de 50 mil novas infecções pelo HIV acontecem a cada ano, muitas delas causadas por pessoas que desconhecem serem portadoras do vírus.

Mais Notícias