Topo

Bebê nasce com coração batendo fora do corpo e sobrevive à cirurgia

Audrina Cardenes sofre de uma doença rara, a ectopia cordis, que atinge 1 em cada 8 milhões de bebês - Texas Children
Audrina Cardenes sofre de uma doença rara, a ectopia cordis, que atinge 1 em cada 8 milhões de bebês Imagem: Texas Children's Heart Center/Divulgação

Do UOL, em São Paulo

21/11/2012 19h24

Um bebê que nasceu com o coração batendo fora do seu corpo sobreviveu à cirurgia, divulgou nesta semana o Hospital Infantil do Texas, em Houston, nos Estados Unidos. Segundo a equipe médica, Audrina Cardenes está na sua quinta semana de vida após vencer as dificuldades de uma operação que colocou o órgão para dentro.

A menina sofre de ectopia cordis, uma doença rara em que o coração se desenvolve para fora do peito, parcialmente ou totalmente, e atinge 1 em cada 8 milhões de bebês no mundo. Segundo o hospital, cerca de 90% desses casos são natimortos ou morrem cerca de três dias depois do nascimento.

A mãe optou em fazer a cirurgia de risco após descobrir o problema no pré-natal, quando ainda estava na 16ª semana de gestação – os médicos ofereceram outras opções, como o aborto e cuidados médicos durante a gravidez. Ela se mudou, temporariamente, de Midland para a capital do Texas para ficar próxima de um hospital capaz de fazer essa operação considerada bastante complicada – ela envolve cirurgia cardiovascular, plástica, entre outros procedimentos de uma só vez.

Charles Fraser Jr, que comandou a cirurgia de seis horas, diz que o futuro de Audrina é “ainda incerto”, mas que ela tem "progressos a cada dia" e que será acompanhada pela equipe de pediatria do centro cirúrgico.

"Audrina é uma verdadeira batalhadora, e nós estamos esperançosos de que ela continuará com este progresso. Também tenho esperanças de que o caso dela marque o início da nossa capacidade em cuidar de mais crianças diagnosticadas com ectopia cordis no futuro."

Mais Notícias