PUBLICIDADE
Topo

Itália fará repatriação de cidadãos da China por coronavírus

28.jan.2020 - Moradores de Hong Kong fazem fila para comprar máscaras faciais de proteção - Tyrone Siu/Reuters
28.jan.2020 - Moradores de Hong Kong fazem fila para comprar máscaras faciais de proteção Imagem: Tyrone Siu/Reuters

Da ANSA

29/01/2020 10h15

O Ministério das Relações Exteriores da Itália anunciou hoje que enviará um avião para repatriar cidadãos italianos que estão em Wuhan, cidade chinesa mais afetada pelo novo coronavírus. Em nota, a Farnesina informou que a aeronave deve partir amanhã, logo depois que o governo receber as autorizações necessárias pela China.

O voo, operado pelo Comando Operacional da Cúpulas das Forças Armadas, chegará diretamente ao aeroporto de Wuhan junto com uma equipe médica especializada a bordo. Ao desembarcarem na Itália, os cidadãos passarão pelos protocolos de segurança definidos pelo Ministério da Saúde.

Até o momento, o 2019-nCoV (o novo coronavírus) já matou 132 pessoas na China, além de deixar 5.997 infectados. De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), os casos da epidemia ultrapassaram os do surto de Sars-Cov.

Saúde