PUBLICIDADE
Topo

Chinesa de 103 anos é a pessoa mais velha a se curar do coronavírus

Pacientes deixam hospitais temporários em Wuhan, da China - Xinhua/Chen Yehua
Pacientes deixam hospitais temporários em Wuhan, da China Imagem: Xinhua/Chen Yehua

Do UOL, em São Paulo

11/03/2020 13h55

Uma mulher de 103 anos se tornou a pessoa mais velha a se curar do coronavírus de acordo com o jornal britânico The Independent.

Zhang Guangfen ficou em tratamento por seis dias em um hospital de Wuhan e foi liberada para voltar para casa.

Segundo a publicação, Zhang foi internada no dia 1º de março e sua rápida recuperação deve-se ao fato de seu bom estado de saúde. O médico que a atendeu, Zeng Yulan, relatou apenas uma pequena bronquite, mas que não interferiu no tratamento contra a covid-19.

Antes dela, os mais velhos a se recuperarem da doença haviam sido uma mulher de 98 anos, na semana passada, e um homem de 101 anos, há poucos dias, em Wuhan, foco inicial da epidemia do novo vírus.

Hoje a Comissão Nacional de Saúde da China comunicou 22 óbitos pelo coronavírus nas últimas 24 horas, com apenas 24 novos casos de infecção no país. O número de pacientes mortos na China chega a 3.158, de um total de 4 mil vítimas em todo o mundo.

Coronavírus liga alerta pelo mundo

Saúde