PUBLICIDADE
Topo

MPF pede multa e Justiça dá 24 horas para Bolsonaro explicar passeio no DF

Presidente Jair Bolsonaro no Palácio do Planalto -
Presidente Jair Bolsonaro no Palácio do Planalto

Igor Mello

Do UOL, no Rio de Janeiro

30/03/2020 11h23

O MPF (Ministério Público Federal) solicitou à Justiça Federal do Rio de Janeiro que o governo seja multado pelo fato do presidente Jair Bolsonaro (Sem partido) ter descumprido decisão judicial que proibia a União de adotar qualquer ato de estímulo contra o isolamento social como forma de combater a pandemia de covid-19, doença causada pelo novo coronavírus.

O MPF argumenta que o fato de Bolsonaro ter ido a diversos pontos do Distrito Federal neste domingo, provocando aglomerações e descumprindo diversas normas sanitárias, afronta a decisão da Justiça. Cita ainda a declaração do presidente, dizendo que estuda um decreto liberando todas as profissões de voltar ao trabalho sem ficar em isolamento. A Justiça deu prazo de 24 horas para que o governo explique o passeio de Bolsonaro

Na entrevista dadá à frente do Palácio da Alvorada, sua residência oficial, Bolsonaro em diversos momentos estimulou que trabalhadores voltem ao trabalho e atacou governadores e prefeitos que adotaram medidas de restrição. Disse ainda que irá repetir agendas públicas como as desse domingo sempre que quiser.

A decisão da Justiça Federal do Rio de Janeiro estabeleceu multa de R$ 100 mil, paga pela União, em caso de atos do governo ou de autoridades que a desrespeitasse.

Coronavírus