PUBLICIDADE
Topo

Pesquisadores desenvolvem aparelho para ajudar pacientes com coronavírus

Pesquisadores britânicos desenvolveram aparelho respiratório - James Tye/UCL
Pesquisadores britânicos desenvolveram aparelho respiratório Imagem: James Tye/UCL

Do UOL, em São Paulo

30/03/2020 09h43

Pesquisadores britânicos redesenharam um aparelho respiratório para que ele possa ser usado para tratar pessoas com problemas respiratórios relacionados ao novo coronavírus. A ideia é mantê-los fora dos leitos de terapia intensiva e, assim, desafogar o sistema de saúde.

As máquinas são normalmente usadas para tratar pacientes com apneia do sono. De acordo com a University College London, o processo de design levou menos de duas semanas e foi aprovado para uso pelo NHS, o serviço nacional de saúde do Reino Unido.

"Cem dispositivos devem ser entregues à UCLH (University College London Hospitals) para ensaios clínicos, com rápida implantação em hospitais de todo o país antes do aumento previsto nas admissões hospitalares de covid-19", disse a universidade em comunicado.

A universidade diz que as máquinas de CPAP (pressão positiva contínua nas vias aéreas) reprojetadas ajudarão a aliviar a pressão sobre a capacidade do ventilador do hospital, tratando pacientes que precisam de suporte menos intensivo.

As máquinas foram projetadas em colaboração com os médicos, juntamente com o suporte de engenharia das equipes de Fórmula 1 do Reino Unido.

"Dada a necessidade urgente, somos gratos por termos conseguido reduzir um processo que poderia levar anos para questão de dias", disse em comunicado o professor Tim Baker, do departamento de Engenharia Mecânica da UCL.

Até ontem, o Reino Unido registrou mais de 19 mil casos de covid-19, segundo dados do governo. Ao menos 1.228 pessoas morreram em decorrência da doença.

Coronavírus