PUBLICIDADE
Topo

Coronavírus

Esse conteúdo é antigo

Comunidade terapêutica registra 36 casos de covid-19 no interior de SP

Marcelo Casagrande

Colaboração para o UOL, em Araçatuba

02/05/2020 10h13

Uma comunidade terapêutica que atende dependentes químicos em Jaci (a 468 km de São Paulo) anunciou ontem que 35 pacientes estão com a covid-19. Além deles, um funcionário que atua como cuidador também foi diagnosticado com a doença.

A avalanche de casos veio após uma testagem em massa nos 64 homens que são atendidos pela comunidade. Eles têm entre 18 e 40 anos. Apenas 29 pacientes tiveram resultado negativo para o novo coronavírus.

"A clínica faz parte de um complexo hospitalar e, em unidades próximas, alguns casos positivos foram diagnosticados anteriormente. Após isso, alguns pacientes da comunidade terapêutica apresentaram sintomas leves, por isso, a necessidade dos testes", explicou ao UOL o Frei Francisco Belotti, presidente da Associação Lar São Francisco de Assis na Providência de Deus, que mantém a Comunidade Terapêutica São Francisco.

Os exames foram coletados na própria clínica e levados para análise no laboratório do Hospital de Base, em São José do Rio Preto. Após a divulgação dos resultados, os pacientes contaminados foram isolados em uma casa de retiro religioso que pertence à associação.

Os pacientes estão isolados na Casa de São Benedito e são acompanhados por uma equipe multidisciplinar com infectologista, clínico geral, equipe psiquiátrica e enfermeiros", disse o Frei.

Por serem pacientes que fazem tratamento psiquiátrico, foi preciso um trabalho minucioso para dar a notícia do grande volume de casos entre o grupo.

"Desde que começou a questão do avanço do vírus na região, a gente constituiu uma postura que é a de enfrentar, acolher e cuidar de quem precisa. É a nossa missão", disse o religioso.

Além da unidade com pacientes que estão com a covid-19, a Associação Lar São Francisco mantém outras duas comunidades terapêuticas na cidade. Apesar de não terem tido contato com os pacientes infectados, os demais assistidos devem ser testados nos próximos dias.

Índice na cidade

Segundo o boletim epidemiológico divulgado ontem à tarde pela Prefeitura de Jaci, a cidade de apenas 7.293 habitantes tem 27 casos positivos da doença. Destes, oito já estão curados. Mas, com a confirmação dos casos na comunidade terapêutica, o número de positivos subirá para 63.

"Os recuperandos da comunidade terapêutica estão cumprindo em isolamento a quarentena na zona rural de Jaci, sem contato algum com o restante da população, por isso, não vai ser necessário nenhuma medida complementar", esclareceu ao UOL, o coordenador de Saúde, Frank Hulder de Oliveira.

Há cerca de 15 dias, o uso de máscaras de proteção se tornou obrigatório em qualquer lugar da cidade, após um decreto publicado pela prefeitura. A medida inclui ainda, equipes de saúde orientando a população, além de funcionários da prefeitura nas portas dos três supermercados da cidade, da agência dos Correios e da casa lotérica.

"Quem chega a esses locais que fazem parte da rede de serviços essenciais tem a temperatura aferida e recebe álcool em gel. Quem não tem máscaras recebe um kit com o produto", disse o coordenador de Saúde.

Coronavírus