PUBLICIDADE
Topo

São Paulo tem 389 mortes por covid-19 em 24 h e registra novo recorde

Do UOL, em São Paulo*

17/06/2020 13h24

O estado de São Paulo teve 389 mortes confirmadas pela covid-19 nas últimas 24 horas — número mais alto desde o início da pandemia. O recorde anterior era de 365 vítimas do novo coronavírus, registrado ontem.

Ao todo, o estado contabiliza 11.521 mortes e 191.517 casos oficiais.

Segundo dados divulgados hoje pelo governo paulista, 70,6% das UTIs do estado estão cheias. Na Grande São Paulo, o número é de 77,1%.

Os números não indicam que as mortes ocorreram no período, mas o momento em que foram oficialmente registradas. Por conta do período de incubação do novo coronavírus, os dados podem indicar contaminações que ocorreram até cerca de duas semanas atrás.

Segundo o secretário de Saúde, José Henrique Germann, o estado registrou 1.232 novos casos nas últimas 24 horas, ou um crescimento de 0,65%, abaixo da média que havia sido registrada nos últimos dias, que oscila entre 3% e 4%.

"Houve um problema no e-SUS, que é o sistema que levanta os casos mais leves e por isso foi muito pequena a mudança", informou.

Aglomerações preocupam o governo

Coordenador do Centro de Contingência, João Gabbardo, afirmou que as recentes aglomerações vistas nas ruas da capital preocupam. O governo, no entanto, diz que ainda não é possível saber se a situação é suficiente para pressionar o sistema de saúde.

"Claro que essa aglomeração nos preocupa e muito. As orientações são claras de quem deve e quem pode sair. Temos que trabalhar vendo qual é a repercussão dos nossos indicadores. Eles vão apontar se essa exposição maior tem sido suficiente para aumentar a velocidade da transmissão do vírus. Mais adiante vamos olhar se isso está pressionando o sistema de saúde. Olhamos com atenção todos os dados das regiões", afirmou.

*Com informações da Agência Estado.

Coronavírus