PUBLICIDADE
Topo

Ministério Público pede prorrogação da quarentena em Cuiabá e Várzea Grande

Cuiabá está em quarentena desde o dia 25 de junho - Getty Images
Cuiabá está em quarentena desde o dia 25 de junho Imagem: Getty Images

Do UOL, em São Paulo

07/07/2020 22h59

O MPMT (Ministério Público do Estado de Mato Grosso) pediu à Justiça que determine a prorrogação da quarentena com funcionamento apenas de serviços essenciais por pelo menos mais 14 dias, em Cuiabá e Várzea Grande.

O órgão informou que entrou com requerimento hoje por meio da 7ª Promotoria de Justiça Cível do Núcleo de Defesa da Cidadania de Cuiabá. O promotor Alexandre de Matos Guedes afirmou ainda que os números recentes da covid-19 mostram que a área metropolitana da capital de Mato Grosso está em situação de risco considerada como "muito alta".

O Ministério Público citou a ocupação de 93% dos leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) e a fila de pessoas à espera de tratamento para o coronavírus nos hospitais, dizendo que há problemas para a obtenção das vagas, "ainda que por ordens judiciais, em virtude do exaurimento do sistema, não se podendo recorrer a leitos privados, igualmente esgotados".

Cuiabá e Várzea Grande estão em quarentena desde o dia 25 de junho, em respeito a uma decisão proferida no dia 22 daquele mês.

De acordo com a Secretaria de Saúde, o estado do Mato Grosso tem 896 mortes e 23.506 casos confirmados da covid-19 desde o início da pandemia.

Coronavírus