PUBLICIDADE
Topo

Covid: 40% de infectados são assintomáticos e dificultam medidas, diz Fauci

2.jul.2020 - Modelo mostra o novo coronavírus durante audiência em um comitê do Senado dos Estados Unidos para discutir a produção e a distribuição de uma vacina para a covid-19  - AFP
2.jul.2020 - Modelo mostra o novo coronavírus durante audiência em um comitê do Senado dos Estados Unidos para discutir a produção e a distribuição de uma vacina para a covid-19 Imagem: AFP

Do UOL, em São Paulo

10/07/2020 16h44

O doutor Anthony Fauci, chefe do Instituto Nacional de Alergias e Doenças Infecciosas dos Estados Unidos, disse hoje que cerca de 40% ou 45% dos infectados pelo novo coronavírus são assintomáticos, o que complica as estratégias de combate à doença.

"Isso evoluiu ao longo dos meses, porque não estava claro a princípio, e mudou a nossa forma de pensar sobre transmissão e controle: cerca de 40% a 45% de indivíduos infectados são assintomáticos", disse Fauci sobre a covid-19 em uma conferência sobre a Aids.

"Isso claramente dificulta as nossas tentativas de rastrear o contato entre infectados e isolar estas pessoas", lamentou o especialista. "Nós estamos aprendendo sobre o coronavírus literalmente de forma diária e semanal", completou.

O número total de casos confirmados do coronavírus nos EUA aumentou para 3.106.931, segundo a atualização de hoje do CDC (Centro de Controle e Prevenção de Doenças, na sigla em inglês). Já o número de mortes causadas pela covid-19 chegou a 132.855.

Em relação a ontem, foram 59.260 novos casos confirmados da covid-19 no país, um crescimento de 1,9%. O ritmo é menor do que o registrado no dia anterior: de anteontem para ontem o aumento foi de 2,1% (de 2.982.900 para 3.047.671 casos).

Coronavírus