PUBLICIDADE
Topo

Coronavírus

Com 818 novas mortes em 24 h, Brasil atinge 139.883 óbitos por covid-19

Profissionais da área da saúde levam paciente, de maca, até hospital em Brasília (DF), durante pandemia do novo coronavírus - Mister Shadow/Estadão Conteúdo
Profissionais da área da saúde levam paciente, de maca, até hospital em Brasília (DF), durante pandemia do novo coronavírus Imagem: Mister Shadow/Estadão Conteúdo

Do UOL, em São Paulo

24/09/2020 19h02Atualizada em 24/09/2020 20h35

As mortes pelo novo coronavírus chegaram a 139.883 no Brasil, na tarde de hoje, com novos 818 óbitos confirmados nas últimas 24 horas. O levantamento foi feito pelo consórcio de imprensa do qual o UOL faz parte.

Entre ontem e hoje, foram registrados 32.129 novos diagnósticos e o total de infectados desde o início da pandemia passou a 4.659.909.

A média móvel de mortes, calculada com base nos números de mortos dos últimos sete dias, é de 693, o que representa estabilidade em relação aos últimos 14 dias.

Oito estados apresentaram alta na variação da média móvel de mortes por covid-19. Outros nove estados e o Distrito Federal tiveram queda.

Das regiões, todas se mantiveram estáveis: Centro-Oeste (-12%), Nordeste (-2%), Norte (4%), Sudeste (8%), Sul (-15%).

Veja a oscilação nos estados:

  • Aceleração: AM, AP, BA, MG, PI, RJ, RN e RR.
  • Estabilidade: GO, MA, MS, PA, PB, PE, PR, RN, RS, SP e TO
  • Queda: AC, AL, CE, DF, ES, MT, PB, RO, RS, SC e SE

Dados da Saúde

Os dados do Ministério da Saúde apontam 831 novos óbitos em 24h, e um total de 139.808 mortes em decorrência do novo coronavírus.

Em relação a ontem foram 32.817 novos casos confirmados; o total de infectados no país é de 4.657.702, ainda segundo a pasta.

O governo considera 4.023.789 casos recuperados e afirma que há 494.105 pacientes em acompanhamento.

São Paulo continua como o estado com maior quantidade de casos e óbitos (958.240 diagnósticos e 34.677 mortes). Na tabela enviada pelo ministério, entre ontem e hoje o Paraná ultrapassou o Maranhão na quantidade de infectados — 170.508 casos no PR e 170.186 casos no MA.

Por covid, governo mobilizou 30 mil militares em 6 meses

A Operação Covid-19, do Ministério da Defesa, voltada para auxiliar no combate ao novo coronavírus, mobilizou 28.729 militares em 180 dias. O balanço foi apresentado na manhã de hoje pelo ministro Fernando Azevedo e Silva.

Confira, abaixo, números apresentados pelo governo a respeito das ações:

  • 1 milhão de kits de alimentos entregues
  • 627.917 máscaras de proteção produzidas
  • 24.555 litros de álcool em gel produzidos
  • 4.811 barreiras sanitárias montadas
  • 2.445 postos de triagem montados
  • 11.255 ações na fronteira
  • 6.249 descontaminações em locais públicos
  • 6.722 campanhas de conscientização

O ministério informou ter realizado 28.500 atendimentos em comunidades indígenas na Amazônia Ocidental, que inclui os estados do Amazonas, Acre, Roraima e Rondônia. Segundo o balanço, 87 mil indígenas foram atendidos e 38 toneladas de alimentos foram levadas as essas populações.

Veículos se unem pela informação

Em resposta à decisão do governo Jair Bolsonaro de restringir o acesso a dados sobre a pandemia de covid-19, os veículos de comunicação UOL, O Estado de S. Paulo, Folha de S.Paulo, O Globo, G1 e Extra formaram um consórcio para trabalhar de forma colaborativa para buscar as informações necessárias diretamente nas secretarias estaduais de Saúde das 27 unidades da Federação.

O governo federal, por meio do Ministério da Saúde, deveria ser a fonte natural desses números, mas atitudes recentes de autoridades e do próprio presidente colocam em dúvida a disponibilidade dos dados e sua precisão.

* Com informações da Agência Brasil

Coronavírus