PUBLICIDADE
Topo

Coronavírus

Bolsonaro: General na Saúde levou Brasil a ter 'sucesso' no combate à covid

Eduardo Pazuello ficou quatro meses como ministro interino antes de ser oficializado na chefia da pasta da Saúde no mês passado - Marcelo Camargo/Agência Brasil
Eduardo Pazuello ficou quatro meses como ministro interino antes de ser oficializado na chefia da pasta da Saúde no mês passado Imagem: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Hanrrikson de Andrade

Do UOL, em Brasília

14/10/2020 11h44

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) declarou hoje considerar que o Brasil teve "algum sucesso em relação ao resto do mundo" no combate à pandemia do coronavírus depois de duas trocas no comando do Ministério da Saúde. Para ele, a escolha pelo general Eduardo Pazuello, que não é médico e não tem carreira militar diretamente ligada ao setor, teria sido fundamental para esse resultado.

"Tivemos algum sucesso em relação ao resto do mundo, em especial quando colocamos um general no ministério. Não por ser um general, mas por ser um gestor", disse.

Pazuello ficou quatro meses como ministro interino após a saída do antecessor, Nelson Teich. Ele foi oficializado no cargo no mês passado. Antes, Teich havia sido nomeado em substituição a Luiz Henrique Mandetta, que deixou o comando da pasta após divergências com Bolsonaro, em abril.

Bolsonaro declarou ainda que, de acordo com o seu entendimento, o "problema da pandemia" foi "superdimensionado".

"Entramos 2020 e tivemos o problema da pandemia, que, no meu entendimento, foi superdimensionada", disse o presidente a empresários e lideranças da indústria durante evento de posse do novo mandato da Firjan (Federação das Indústrias do Rio de Janeiro). Ele participou por videoconferência.

Na visão do governante, os efeitos da pandemia foram "bastante mitigados" devido a ações implementadas pelo governo federal. "Com certeza, [não fossem as medidas] estaríamos em uma situação bastante complicada no momento."

Coronavírus