PUBLICIDADE
Topo

Saúde

Conteúdo publicado há
9 meses

Com UTIs lotadas, Santa Catarina começa a transferir pacientes ao ES

Aeronave dos Bombeiros transporta primeiro passageiro de Santa Catarina para o Espírito Santo - Corpo de Bombeiros Militar/ Divulgação
Aeronave dos Bombeiros transporta primeiro passageiro de Santa Catarina para o Espírito Santo Imagem: Corpo de Bombeiros Militar/ Divulgação

Hygino Vasconcellos

Colaboração para o UOL, em Chapecó (SC)

03/03/2021 11h49

O governo de Santa Catarina começou hoje a transferência de pacientes com covid-19 para o Espírito Santo. Ao todo devem ser levadas 16 pessoas para o Sudeste em dois aviões - um do governo e outro privado. Segundo o governo do estado, será dada prioridade para pacientes da região oeste do estado, devido à falta de leitos de UTI.

O primeiro a ser transferido é um homem de 34 anos que estava aguardando leito na UPA (Unidade de Pronto Atendimento) da cidade. Ele está sendo transportado em um avião de pequeno porte do Corpo de Bombeiros. Na manhã de hoje, a aeronave deixou Florianópolis e foi até Chapecó, a 551 km de distância. De lá partiu em direção a Santos, onde fará uma parada para reabastecimento, e, em seguida, seguirá para Vitória.

O paciente será encaminhado para o Hospital Estadual Doutor Jayme Santos Neves, no município da Serra (ES), região da Grande Vitória. Os outros pacientes também devem ser acomodados em outras unidades de saúde.

A transferência será individual, com um paciente por aeronave, devido à complexidade da operação e as condições clinicas do paciente, segundo o Corpo de Bombeiros. Cada viagem tem previsão de três horas e meia de duração - serão dois transportes diários. A SES (Secretaria Estadual de Saúde) reforça que segue trabalhando na triagem dos pacientes e que as transferências ocorrerão diariamente.

Em nota, o superintendente de Urgência e Emergência da SES, Diogo Bahia Losso, disse que o governo está empenhado "em salvar vidas". "Essa é mais uma ação organizada pelo Governo do Estado para buscar garantir o atendimento em leitos de UTI aos nossos pacientes", destacou.

Saúde