PUBLICIDADE
Topo

Coronavírus

Conteúdo publicado há
10 meses

SP libera mais 2 milhões de doses da CoronaVac para o Ministério da Saúde

No Instituto Butantan, João Doria (PSDB), governador de São Paulo, participa de liberação de novas doses da CoronaVac para o PNI - Sergio Andrade/Governo do Estado de São Paulo
No Instituto Butantan, João Doria (PSDB), governador de São Paulo, participa de liberação de novas doses da CoronaVac para o PNI Imagem: Sergio Andrade/Governo do Estado de São Paulo

Do UOL, em São Paulo

17/03/2021 08h36Atualizada em 17/03/2021 10h44

O Instituto Butantan liberou na manhã de hoje 2 milhões de novas doses da vacina CoronaVac ao PNI (Programa Nacional de Imunização), do Ministério da Saúde.

O embarque das doses contou com a presença do governador de São Paulo, João Doria (PSDB), e do secretário estadual de Saúde, Jean Gorinchteyn.

O montante faz parte dos 46 milhões de doses inicialmente contratadas pelo Ministério de Saúde, que devem ser entregues até o final de abril, segundo o governo de São Paulo.

Em publicação nas redes sociais, Doria reforçou os números de doses entregues e prometeu enviar mais na semana que vem. O tucano ainda disparou contra o governo federal, questionando onde está a "avalanche de vacinas" prometida pelo ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, que deixará o cargo e será substituído pelo médico Marcelo Queiroga.

"Reforço que o Ministério da Saúde precisa providenciar mais vacinas. Onde está a avalanche de vacinas prometida pelo Governo Federal?", escreveu o governador de São Paulo.

5,3 milhões de doses entregues em na semana

A remessa é a segunda liberada pelo Butantan nesta semana. Na segunda-feira (15), o instituto enviou 5,3 milhões de doses ao Ministério da Saúde.

De acordo com o governo estadual, só em março já foram liberadas 9,1 milhões de doses da CoronaVac para o PNI, montante que supera o volume enviado em fevereiro (4,8 milhões). Com isso, o Butantan já liberou 22,6 milhões de doses desde o início da campanha de vacinação.

Além dessas 46 milhões de doses, o Butantan tem contrato com o Ministério da Saúde para o fornecimento de mais 54 milhões de doses da CoronaVac, totalizando 100 milhões de doses. O governo paulista espera finalizar essas entregas até o final de agosto.

Entregas de doses da CoronaVac ao Ministério da Saúde:

  • 17/1: 6 milhões*
  • 22/1: 900 mil
  • 29/1: 1,8 milhão
  • 5/2: 1,1 milhão
  • 23/2: 1,2 milhão
  • 24/2: 900 mil
  • 25/2: 453 mil
  • 26/2: 600 mil
  • 28/2: 600 mil
  • 3/3: 900 mil
  • 8/3: 1,7 milhão
  • 10/3: 1,2 milhão
  • 15/3: 3,3 milhões
  • 17/03: 2 milhões
  • Previsão até 30/4: 46 milhões de doses (total de janeiro a abril)

*doses prontas para aplicação enviadas pela Sinovac. As demais foram envasadas, rotuladas e embaladas no complexo fabril do Butantan a partir de matéria-prima vinda da China.

Coronavírus