PUBLICIDADE
Topo

Coronavírus

Conteúdo publicado há
15 dias

Kalil libera reabertura de bares, academias e shoppings em Belo Horizonte

Do UOL, em São Paulo

19/04/2021 15h57Atualizada em 19/04/2021 19h48

O comércio em Belo Horizonte irá reabrir a partir da próxima quinta-feira (22). A medida foi anunciada hoje pelo prefeito Alexandre Kalil (PSD) durante uma coletiva para a imprensa.

Com a mudança, bares, restaurantes, parques, academias e shoppings poderão voltar a funcionar. Missas e cultos presenciais também estão permitidos, desde que sigam os protocolos de saúde.

A liberação acontece diante do aumento de casos graves da covid-19, com UPAs (Unidades de Pronto Atendimento) virando UTIs (Unidades de Terapia Intensiva) improvisadas.

"O prefeito não abre a cidade, não fecha a cidade. O prefeito é simplesmente aquele que cuida da cidade. Quem fecha e quem abre a cidade é a população de BH com respeito, saindo quando precisa, usando todo o equipamento necessário e nós esperamos que isso continue dessa forma, que os números continuem caindo", disse Kalil.

O gestor municipal alegou que ainda não é possível determinar quais serão os custos da reabertura para a cidade, mas que ao que tudo indica, não é possível brincar com a pandemia.

"O que a reabertura vai custar a cidade nós ainda não sabemos, mas pelo que tudo indica, pelos jovens que estão sendo atingidos, por agora com ameaças de perdas de filhos, primos, amigos, não vamos brincar com essa pandemia. E não adianta pressão em cima da prefeitura de Belo Horizonte".

O comércio não essencial poderá funcionar de segunda a sábado, das 9h às 20h. Restaurantes, bares e comércios similares poderão reabrir para o consumo no local, com horário mais restrito, das 11h às 16h.

Kalil falou que a prefeitura deu início a uma "guerra" há um ano contra o vírus da covid-19 e que vitórias e derrotas fazem parte do percurso de estratégias adotadas para evitar a disseminação do vírus.

"Não há incoerência" na reabertura

Durante a coletiva, o prefeito Alexandre Kalil foi questionado se a reabertura não seria uma medida incoerente, levando em consideração que a taxa de ocupação dos leitos de UTI superior a 80%.

O gestor não quis responder ao questionamento e repassou a pergunta para o secretário municipal de saúde, Jackson Machado.

"Na verdade, não há incoerência alguma. Primeiro de tudo, os números de CTI de hoje estão em 81%. A ocupação de enfermaria é 58,9%. Todos os indicadores nos levam para queda, o número de hoje é 27 e antes eram 60", explicou o secretário de saúde, justificando o que pauta a reabertura do comércio na capital mineira.

As aulas também serão retomadas na capital mineira, a partir do dia 26 de abril para alunos entre 0 e 5 anos que estão matriculados no ensino infantil.

Vacinação ampliada para 61 e 62 anos

A prefeitura de BH vai ampliar a vacinação contra covid-19 na capital nesta semana. Amanhã, será o dia dos idosos de 62 anos, completos até 30 de abril. Na quinta-feira (22), inicia a imunização do público de 61 anos, também completos até o dia 30 deste mês. Para ser vacinado, é preciso levar um documento de identidade, CPF e comprovante de residência.

Estas pessoas podem se vacinar de 7h30 às 16h30, nos centros de saúde e postos fixos, e de 8h às 16h30, nos pontos drive-thru. Confira os endereços.

Na quarta-feira (21), os postos funcionam apenas para vacinação contra a covid-19. No feriado, o atendimento acontece de 7h30 às 15h nos pontos fixos e extras, e de 8h às 15h nos pontos de drive-thru.

Coronavírus