PUBLICIDADE
Topo

Coronavírus

Conteúdo publicado há
15 dias

Eduardo Paes afirma que rodoviários serão vacinados contra a covid-19

Prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes (DEM) usou as redes sociais para comunicar inclusão dos rodoviários  - Reprodução/Youtube
Prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes (DEM) usou as redes sociais para comunicar inclusão dos rodoviários Imagem: Reprodução/Youtube

Do UOL, em São Paulo

22/04/2021 10h20Atualizada em 22/04/2021 11h27

O prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes (DEM) usou as redes sociais para anunciar que os rodoviários farão parte do grupo prioritário de vacinação contra a covid-19. O gestor municipal foi diagnosticado pela segunda vez com a doença e disse que o comunicado será feito de maneira oficial amanhã pelo secretário de Saúde Daniel Soranz.

"Decidimos ontem que os rodoviários do Rio vão figurar entre os grupos prioritários para vacinação. A notícia deve ser anunciada amanhã na coletiva semanal sobre a covid-19, comandada pelo secretário @danielsoranz já que ainda estou em isolamento".

A prefeitura manteve a vacinação contra a covid-19 ontem, durante o feriado de Tiradentes. Até a próxima sexta-feira (24), o município tem como objetivo vacinar pessoas com 60 anos ou mais.

Profissionais de saúde com menos de 60 anos também começaram a se vacinar na capital do Rio de Janeiro, seguindo a divisão por datas anunciadas pela prefeitura. Além da categoria, os professores da educação básica a partir dos 55 anos passaram a se vacinar.

Quem tiver comorbidades ou deficiências, com idade inferior a 60 anos, deverá ser convocado a partir da próxima segunda-feira (26) para se imunizar contra a covid-19.

Todas as informações sobre a vacinação na cidade do Rio de Janeiro podem ser conferidas neste link.

Auxílio Carioca

Uma nova rodada de pagamentos do Auxílio Carioca será feito pela Secretaria Municipal de Fazenda e Planejamento. O anúncio inclui novos grupos no apoio financeiro emergencial, criado para minimizar os efeitos das medidas sanitárias de enfrentamento da covid-19 no Rio de Janeiro.

A medida inclui 1.087 famílias em situação de vulnerabilidade, que recebem R$ 200 cada, e 822 artesãos de feiras (Feirarte), que recebem R$ 500, que receberão a segunda parcela.

O benefício está disponível a partir de hoje para quem recebe a segunda parcela. A partir da próxima segunda-feira (26), será a vez dos grupos que receberão a primeira parcela do benefício.

O recebimento do Auxílio Carioca da Prefeitura do Rio não impede que o cidadão receba também o auxílio emergencial do governo federal.

Quem tem direito ao benefício

Parcela única de R$200

  • Famílias em situação vulnerável

Segunda parcela de R$ 500

  • Ambulantes de praia cadastrados no município- por meio da Taxa de uso de área pública (Tuap)

Parcela de R$ 500

  • Artesãos (Feirarte) cadastrados
  • Os artesãos trabalham nas Feirartes do Rio, entre elas a feira do Lido, da Praça General Osório, Praça XV e Sans Peña. Os trabalhos envolvem tecidos, metal, couro, madeira, pintura, resina e outros materiais.

Como receber

  • Acesse o site carioca.rio e clique em "Auxílio Carioca".

  • Informe seu CPF para verificar se está apto a receber o Auxílio Carioca 2021.

  • O cadastro será atualizado e você receberá um SMS de confirmação pelo celular.

  • Uma conta digital será automaticamente criada em seu nome. Para desbloquear a conta, baixe o aplicativo "Superdigital".

  • O vídeo com o passo a passo para o desbloqueio da conta no aplicativo está disponível na página do Auxílio Carioca onde você inseriu seu CPF.

  • O primeiro saque na Rede 24 horas é gratuito, mas o cartão virtual pode ser usado como cartão de débito normalmente.

  • Quem ainda tiver dúvidas, deve entrar em contato com a Prefeitura pelo telefone 1746.

Empresas

  • Preencher o formulário disponível no site carioca.rio informando dados como CNPJ, inscrição municipal e número de funcionários.

Coronavírus