PUBLICIDADE
Topo

Coronavírus

Conteúdo publicado há
1 mês

Prefeito de Porto Alegre pede desculpas pelas filas na vacinação da covid

Prefeito de Porto Alegre pede desculpas pelas filas na vacinação contra a covid - Reprodução/ Twitter
Prefeito de Porto Alegre pede desculpas pelas filas na vacinação contra a covid Imagem: Reprodução/ Twitter

Colaboração para o UOL, de São Paulo

06/05/2021 17h26

O prefeito de Porto Alegre, Sebastião Melo (MDB), pediu desculpas à população pelas longas filas da vacinação registradas na cidade nos últimos dias e atribuiu os atrasos da vacinação à falta de imunizantes. O pedido de desculpas aconteceu um dia depois da Prefeitura de Porto Alegre anunciar a suspensão da aplicação de segundas doses da vacina contra covid-19.

Em um vídeo publicado no Twitter da prefeitura no final da tarde de hoje, Sebastião apareceu ao lado do secretário da saúde, Mauro Sparta, e o chefe da vigilância, Doutor Ritter, dizendo que 'é da grandeza humana cometer equívocos e pedir desculpas' e justificou dizendo que o Ministério da Saúde 'os induziu ao erro' ao orientar que a prefeitura não guardasse as segundas doses e aplicasse todo o imunizante na população.

5 de maio 2021 - O retorno de populares para vacinação da segunda dose contra a covid-19 causa aglomerações no centro de Porto Alegre (RS) - EVANDRO LEAL/ESTADÃO CONTEÚDO - EVANDRO LEAL/ESTADÃO CONTEÚDO
5 de maio 2021 - O retorno de populares para vacinação da segunda dose contra a covid-19 causa aglomerações no centro de Porto Alegre (RS)
Imagem: EVANDRO LEAL/ESTADÃO CONTEÚDO

Quero pedir desculpas a todos aqueles que tiveram ontem nas filas dos postos de saúde, também no nosso drive-thru e não puderam ser vacinados

"Nós fomos induzidos ao erro nessa matéria. Lá atrás, como vocês acompanharam, o Ministério da Saúde nos recomendou de que não guardasse a segunda dose e que aplicássemos toda a vacina que aqui chegasse e assim nós procedemos. E por isso aconteceu o que aconteceu ontem e faltou vacina não só em Porto Alegre, no Rio Grande, como em todo o Brasil da segunda dose", justificou.

Para evitar novamente o problema, Sebastião contou que a prefeitura tomou a decisão de guardar as segundas doses das vacinas da Pfizer e da CoronaVac e finalizou o vídeo incentivando a população a se vacinar.

Coronavírus