PUBLICIDADE
Topo

Coronavírus

Conteúdo publicado há
12 meses

Doze famílias com covid quebram isolamento em MS; agentes são hostilizados

Coronavírus -  Unsplash/Fusion Medical Animation
Coronavírus Imagem: Unsplash/Fusion Medical Animation

Do UOL, em São Paulo

24/05/2021 18h17

Ao menos doze famílias diagnosticadas com covid-19 desrespeitaram o isolamento social, em Coxim (MS), cidade localizada a 255 km de Campo Grande, segundo informou a Vigilância Sanitária, nesta segunda-feira (24). A constatação ocorreu depois de visitas feitas por agentes de saúde, hostilizados por um dos infectados.

"Em visitas [feitas por nossas equipes] constatamos que algumas dessas famílias estavam descumprindo o isolamento social domiciliar. Umas indo ao supermercado; outras indo a casa de vizinhos e até mesmo recebendo visitas. Mesmo sabendo que estavam com vírus", disse Luiz Eduardo, gerente da Vigilância Sanitária local, em contato com UOL, por telefone.

Com cerca de 33 mil habitantes, Coxim registrou até agora 7.977 casos de covid-19 e 66 mortes em decorrência da doença, de acordo com boletim epidemiológico da secretaria municipal de Saúde. O município possui ainda 51 casos suspeitos.

As pessoas que desrespeitaram o isolamento social devem ser penalizadas pelo código estadual sanitário e, após o procedimento administrativo, as denúncias devem ser encaminhadas ao Ministério Público e Procuradoria-Geral do município para medidas cabíveis.

Ao UOL, Luiz Eduardo contou ainda que agentes de saúde foram hostilizados por uma das pessoas infectadas, e que casos de insultos durante as fiscalizações têm sido recorrentes.

"Aconteceu, sim. Um senhor que estava quebrando o isolamento hostilizou a nossa equipe", afirmou ele, ressaltando que insultos aos agentes são rotineiros. "No dia a dia, o calor do momento está muito alto. Você chega em uma aglomeração, em uma festa, as pessoas te insultam e você precisa ir até com a Polícia Militar. A hostilização tem sido recorrente durante as fiscalizações", acrescentou.

Coronavírus