PUBLICIDADE
Topo

Coronavírus

Hospital de covid no Rio tem recorde de internações e fila de ambulâncias

Marcela Lemos

Colaboração para o UOL, no Rio

26/08/2021 20h26Atualizada em 26/08/2021 21h34

O Hospital Municipal Ronaldo Gazolla, referência no tratamento de covid-19 no Rio de Janeiro, registrou no último dia 23 o maior número de pacientes internados na unidade: 412 pessoas foram hospitalizadas em decorrência do novo coronavírus.

De acordo com a SMS (Secretaria Municipal de Saúde), trata-se do maior número de internações registrado nos últimos meses. Hoje, a unidade possui 402 pacientes.

No dia 25, o hospital registrou fila de ambulâncias na unidade. O vídeo foi divulgado na internet e flagrou sete ambulâncias no hospital.

"Os casos estão aumentando muito e as pessoas não estão acreditando, estão brincando", disse o autor das imagens.

Em nota enviada à reportagem, a secretaria informou que o recorde de admissões, ou seja, de pessoas que deram entrada em único dia, ocorreu em 26 de abril, quando chegaram 75 novos pacientes no Ronaldo Gazolla.

Segundo dados da Secretaria de Estado de Saúde, a capital fluminense tem hoje 628 dos seus 667 leitos públicos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) para covid ocupados, o que equivale a 94%.

Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, aparece com 91% das vagas ocupadas, e Itaperuna, no Noroeste Fluminense, com 90%.

Outros nove municípios no estado estão com lotação máxima. Os números se referem a todos os leitos públicos localizados nos municípios. A taxa de ocupação estadual é de 71%.

Já a rede particular chegou a registrar 70% de ocupação dos leitos de covid na semana passada.

Vacinação no estado

Depois de algumas interrupções por falta de vacina, a Prefeitura do Rio retomou hoje a aplicação dos imunizantes.

Nesta quinta-feira (26) foram vacinadas meninas com 17 anos; amanhã será a vez dos meninos nesta idade e no sábado (28) será o dia de repescagem para a faixa etária. A partir do dia 30, a vacinação se estenderá para adolescentes com 16 anos.

Um novo calendário divulgado hoje prevê que crianças até 12 sejam vacinadas até 14 de setembro.

Antes de terminar a vacinação do público mais jovem, a prefeitura já espera iniciar a aplicação da terceira dose em idosos com 95 anos ou mais.

O estado do Rio de Janeiro tem hoje 25,76% da sua população total imunizada contra a covid-19. Em relação à população adulta, o índice chega a 32%.

Coronavírus