PUBLICIDADE
Topo

Saúde

Conteúdo publicado há
5 meses

Anvisa vai avaliar uso da CoronaVac para imunizar crianças

Marcelo Camargo/Agência Brasil
Imagem: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Do UOL, em São Paulo

06/01/2022 23h01

A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) irá avaliar o uso da CoronaVac para imunizar crianças e adolescentes, entre 3 e 17 anos, contra a covid-19. A primeira rodada de reuniões sobre a vacina foi realizada nesta quinta-feira (6).

Na sequência os dados foram debatidos com especialistas externos convidados pela Anvisa para auxiliar no processo de avaliação de vacinas contra a covid para crianças. O grupo inclui representantes da Sociedade Brasileira de Infectologia (SBI), do Departamento de Infectologia da Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP), da Sociedade Brasileira de Imunologia (SBI) e da Associação Brasileira de Saúde Coletiva (Abrasco).

Na terceira parte houve uma reunião entre a equipe técnica da Anvisa e do Instituto Butantan, técnicos do Chile e da Sinovac China.

Em dezembro, a agência já havia solicitado mais informações e dados ao Instituto Butantan sobre a aplicação da vacina Coronavac para crianças e adolescentes.

Segundo nota da autarquia, a exigência técnica foi enviada ao Butantan após a análise de documentos apresentados pelo instituto, quando foi reapresentado o pedido de autorização da CoronaVac para a faixa etária de 3 a 17 anos.

"O pedido de exigência é comum nos processos de análise de vacinas. Este pedido não interrompe a análise pelos técnicos da Anvisa, que continuam trabalhando. Porém a exigência suspende a contagem do prazo de 30 dias que a Anvisa tem para avaliar o processo", afirmou a agência, na ocasião.

Saúde