PUBLICIDADE
Topo

Saúde

Conteúdo publicado há
4 meses

Vacinação infantil: 1,8 mi de doses têm chegada antecipada no Brasil

16.jan.2021 - Criança recebe a vacina contra a covid-19 em Osasco, na Grande São Paulo - Aloisio Mauricio/Fotoarena/Estadão Conteúdo
16.jan.2021 - Criança recebe a vacina contra a covid-19 em Osasco, na Grande São Paulo Imagem: Aloisio Mauricio/Fotoarena/Estadão Conteúdo

Do UOL, em Brasília

17/01/2022 20h36

O secretário executivo do Ministério da Saúde, Rodrigo Cruz, afirmou que 1,8 milhão de vacinas pediátricas da Pfizer contra o coronavírus chegarão mais cedo no Brasil. A remessa estava prevista para entrega em 27 de janeiro e, agora, tem expectativa de chegar no dia 24.

"Ganhamos 3 dias e vamos seguir firmes com a campanha de vacinação", falou o secretário pelo Twitter. Depois da entrega no fim de janeiro, mais um lote já está garantido para o início de fevereiro, com outras 1,8 milhão de doses.

Segundo Cruz, todas essas vacinas serão aplicadas no público de 5 a 11 anos. Por enquanto, a Pfizer é o único imunizante aprovado para as pessoas menores de 18 anos no Brasil.

A CoronaVac, do Instituto Butantan, está sendo analisada pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) para uso emergencial em crianças e adolescentes.

Início da campanha

No último fim de semana, várias cidades iniciaram a imunização de crianças. Hoje, a vacinação desse público começou em alguns outros lugares, como Rio de Janeiro.

O secretário municipal de Saúde do Rio de Janeiro, Daniel Soranz, disse ao UOL News que hoje os postos de saúde ficaram cheios de crianças para serem imunizadas.

Segundo o secretário, a expectativa é de ter vacinado neste primeiro dia de campanha aproximadamente 17 mil crianças. Amanhã a intenção é imunizar outras 20 mil.

Saúde