PUBLICIDADE
Topo

Saúde

Conteúdo publicado há
3 meses

Saúde anuncia antecipação da chegada de 1,8 milhão de vacinas para crianças

28 out. 2021 - Frascos com doses pediátricas da vacina da Pfizer/BioNTech contra a covid-19 - Divulgação/Pfizer
28 out. 2021 - Frascos com doses pediátricas da vacina da Pfizer/BioNTech contra a covid-19 Imagem: Divulgação/Pfizer

Do UOL, em São Paulo

27/01/2022 07h25

O Ministério da Saúde anunciou ontem a antecipação da entrega de um novo lote de vacinas pediátricas da Pfizer contra a covid-19. A remessa de mais 1,8 milhão de doses prevista para chegar ao país no dia 3 de fevereiro foi antecipada para a próxima segunda-feira (31).

De acordo com a pasta, as doses desembarcam no aeroporto de Viracopos (SP).

Até agora, o Brasil já recebeu 4,2 milhões de doses de vacinas pediátricas da Pfizer. A distribuição do último lote, de 1,8 milhão de doses, terminou ontem.

O primeiro lote de vacinas infantis da Pfizer chegou no dia 13 de janeiro ao Brasil.

Apesar de ter sido liberada pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) em 16 de dezembro, a entrada da vacina infantil da Pfizer na campanha coordenada pelo governo federal só foi confirmada em 5 de janeiro — na contramão ciência, o presidente Jair Bolsonaro (PL) é contra a vacinação infantil.

O uso da CoronaVac no público infantil recebeu o aval da agência reguladora na semana passada, mas o imunizante poderá ser aplicado apenas em crianças e jovens de 6 a 17 anos que não sejam imunocomprometidos, ou seja, com baixa imunidade.

Na prática, a faixa etária que pode ser vacinada no Brasil não muda, mas, com a aprovação da CoronaVac para crianças, haverá oferta maior de vacinas.

Saúde