Obama descarta pedido de desculpas na visita a Hiroshima

Tóquio, 23 Mai 2016 (AFP) - Barack Obama, que será esta semana o primeiro presidente americano no exercício do poder a visitar a cidade japonesa de Hiroshima, não pedirá perdão publicamente pela bomba atômica lançada pelos Estados Unidos em 1945 - disse ele em entrevista à emissora NHK.

"Não, porque creio que é importante reconhecer que, em meio a uma guerra, os líderes tomam decisões de todo tipo", respondeu Obama.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos