Premiê turco volta atrás e descarta indenização à Rússia por avião derrubado

Ancara, 28 Jun 2016 (AFP) - O primeiro-ministro turco, Binali Yildirim, descartou nesta terça-feira que a Turquia estaria disposta a pagar uma compensação à Rússia pelo avião russo derrubado por um caça turco em novembro de 2015, em uma retratação do que foi declarado na véspera.

"Indenizar a Rússia não está sobre a mesa, só expressamos nosso pesar", declarou ao canal CNN-Türk sobre o incidente, que provocou uma grave crise diplomática entre os dois países.

Em uma entrevista na segunda-feira à noite ao canal público TRT, o primeiro-ministro afirmou que "se fosse necessário", o país estaria disposto a pagar uma compensação a Moscou.

A presidência turca negou, no entanto, ter concordado com uma indenização.

"Não há acordo para pagar uma compensação", afirmou à AFP uma fonte da presidência, que citou uma "confusão" sobre a entrevista de Yildirim.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos