Ex-modelo ganha US$ 69 milhões em divórcio de milionário saudita

Londres, 8 Jul 2016 (AFP) - Um tribunal britânico estabeleceu nesta quinta-feira uma compensação monetária de 53 milhões de libras (62 milhões de euros, 69 milhões de dólares) para uma ex-modelo que queria quatro vezes mais, alegando que precisava de 1 milhão de euros por ano para roupas.

Os advogados da cidadã americana Christina Estrada, de 54 anos, disseram que o acordo chega a 75 milhões de libras, levando-se em conta o valor das propriedades que ela recebeu.

Estrada havia pedido 196 milhões de dólares ao marido, o xeque Walid Juffali, de 61 anos, mas se mostrou agradecida com o acordo final.

"Sou plenamente consciente de que a vida espetacular que Walid e eu levávamos era realmente afortunada e incomum. E entendo plenamente como o resto do mundo pode encará-la", acrescentou.

Durante o julgamento, alegou: "eu era uma top model internacional, vivi esta vida, é a que estou acostumada".

Entre suas demandas, figuravam 60 milhões de libras para uma casa em Londres, 4,4 milhões para uma casa de campo e quase meio milhão para cinco carros.

Em suas necessidades de vestuário, incluiu 40.000 libras anuais para casacos de pele e 21.000 libras anuais para sapatos.

Juffali está com câncer terminal e está sendo tratado na Suíça. Ele se divorciou de Estrada sob a lei islâmica sem avisá-la e se casou com uma modelo libanesa de 25 anos em 2012.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos