Sírio conversou pela internet pouco antes de detonar bomba na Alemanha

Berlim, 27 Jul 2016 (AFP) - O sírio que detonou os explosivos que carregava perto de um festival de música em Ansbach, no sul da Alemanha, esteve em contato no domingo com outra pessoa "que influenciou no ataque" pouco antes de passar à ação, informaram as autoridades nesta quarta-feira.

O jovem de 27 anos, que teve negado seu pedido de asilo, feriu 15 pessoas em um café na noite de domingo depois de ter tentado entrar, em vão, no festival de música pop.

Pouco antes havia falado com uma pessoa desconhecida em uma conversa "intensa" pela internet, informou o ministro Estatal do Interior da Baviera, Joachim Herrmann.

"Aparentemente, teve um contato direto com alguém que influenciou significativamente na forma como o ataque foi realizado", disse Herrmann, citado pela agência alemã DPA, à margem de uma reunião do governo estatal.

"A conversa terminou pouco antes do ataque", disse.

Herrmann disse que não estava claro se esta pessoa desconhecida tinha contato com os terroristas do grupo Estado Islâmico nem onde estava ou por quanto tempo ambos estiveram em contato.

Na segunda-feira, Herrmann revelou que a polícia havia encontrado um vídeo no telefone do autor do ataque no qual jurava fidelidade ao líder do EI, Abu Bakr al Bagdadi.

Mais tarde, o EI declarou que o autor era um de seus soldados através da agência Amaq, um órgão de propaganda da organização extremista.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos