Atentado deixa oito mortos e 45 feridos no sudeste da Turquia

Istambul, 26 Ago 2016 (AFP) - Ao menos oito policiais morreram e outras 45 pessoas ficaram feridas em um atentado com carro-bomba contra uma sede policial em Cizre, sudeste da Turquia, informou a agência pró-governamental Anatolia, que o atribuiu aos rebeldes curdos.

O atentado destruiu o quartel-general das forças antidistúrbios, onde era possível observar uma longa coluna de fumaça, segundo as imagens divulgadas pela televisão.

Dois dos feridos estão em estado grave, indicou a fonte.

A Anatolia atribuiu a autoria do atentado ao Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK), em guerra com o poder central.

O carro-bomba explodiu a 50 metros do edifício, em um posto de segurança, segundo a agência de notícias.

Doze ambulâncias e dois helicópteros foram enviados ao local para socorrer os feridos, informou o ministério da Saúde citado pela televisão turca.

O atentado foi registrado dois dias depois da entrada de tropas turcas no norte da Turquia no âmbito da operação "Escudo de Eufrates" contra o Estado Islâmico (EI) e as milícias curdas da Síria.

As forças de segurança turca frequentemente são alvos dos ataques do PKK.

Desde julho de 2015, quando acabou o cessar-fogo entre o governo e o PKK instaurado em 2013, os atentados curdos deixaram dezenas de mortos entre as fileiras policiais e militares.

O PKK intensificou os ataques nas últimas semanas depois do golpe de Estado frustrado contra o presidente Recep Tayyip Erdogan de 15 de julho passado.

cmk-sjw/pt/at/zm/erl/ma

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos