EUA preocupados com aumento de construções israelenses na Cisjordânia

Washington, 31 Ago 2016 (AFP) - Israel acelerou a construção de casas em assentamentos judeus na Cisjordânia ocupada, apesar das crescentes críticas internacionais, disse nesta quarta-feira um alto funcionário americano que se manteve sob anonimato.

"Estamos muito preocupados pelos anúncios do governo israelense de ter planos para construir aproximadamente 500 novas moradias em assentamentos na Cisjordânia", disse o funcionário.

Israel aprovou nesta quarta-feira a construção de 466 moradias nas colônias da Cisjordânia, território palestino ocupado há quase 50 anos, indicou a organização anti-colonização israelense "A Paz Agora".

Cinquenta casas receberam sua aprovação final por parte da comissão competente da administração civil e 237 uma autorização inicial, disse à AFP Hagit Ofran, porta-voz da "A Paz Agora". Além disso, 179 casas já construídas na colônia de Ofarim foram validadas de maneira retrospectiva, acrescentou.

A colonização, ou seja, a construção de assentamentos civis em terras ocupadas por Israel desde 1967, é um dos maiores obstáculos para a paz. É considerada ilegal pela comunidade internacional, mas permanece sob os sucessivos governos israelenses.

arb-dc/oh/jb/ll/cb

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos