Governo da premiê britânica Theresa May tem primeira demissão

Londres, 23 Set 2016 (AFP) - O governo da primeira ministra britânica Theresa May sofreu nesta sexta-feira a primeira renúncia, a de um antigo economista-chefe do Goldman Sachs muito próximo às políticas de David Cameron.

Jim O'Neill, encarregado no governo por captar investimentos chineses e por um projeto emblemático para impulsionar a economia do noroeste da Inglaterra, renunciou ao cargo de secretário de Estado de Comércio.

Em sua carta de renúncia, este economista de 59 anos conhecido por ter cunhado o termo BRICS para referir-se a Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul, afirma que deixará o cargo após confirmar que suas duas áreas de ação continuam sendo prioritárias, "apesar das especulações contrárias".

Segundo a imprensa, ele já havia ameaçado a demissão em julho, quando May paralisou o projeto de construção de uma nova central nuclear, Hinkley Point, com um terço de capital chinês, embora finalmente a primeira-ministra tenha o autorizado sob novas condições.

kah/mt/al/eg/cc

GOLDMAN SACHS GROUP

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos