ONU alerta para centenas de evacuações médicas urgentes em Aleppo

Genebra, 29 Set 2016 (AFP) - A ONU advertiu nesta quinta-feira que centenas de pessoas precisam ser evacuadas por questões médicas urgentes na zona rebelde (leste) de Aleppo, e que só resta comida para 25% da população da cidade.

"Para nós o que é prioritário é a preocupante situação médica no setor rebelde", afirmou em Genebra Ramzy Ezzeldin Ramzy, o enviado adjunto da ONU para a Síria.

"É preciso organizar urgentemente evacuações médicas, provavelmente de centenas de pessoas", acrescentou.

Ramzy fez estas declarações um dia depois que os dois principais hospitais do leste de Aleppo foram bombardeados.

O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, classificou os ataques de "crimes de guerra".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos