Papa explica em vídeo por que não visitará Argentina em 2017

Cidade do Vaticano, 30 Set 2016 (AFP) - O papa Francisco enviou nesta sexta-feira um vídeo ao povo argentino no qual explica por que não viajará em 2017 ao seu país, apesar de sentir falta de seu povo e sua terra.

"Vocês não sabem o quanto eu gostaria de voltar a vê-los. E também não poderei fazer isso no próximo ano porque já há compromissos fixados para Ásia, África, e o mundo é maior que a Argentina, e, bom, é preciso se dividir, deixo nas mãos do Senhor para que Ele me indique a data", disse em uma mensagem por vídeo, cujo texto foi divulgado pelo Vaticano.

"Levando-se em conta que no próximo ano também não vou poder ir, decidi me comunicar com vocês desta forma. Para mim, o povo argentino é meu povo, vocês são importantes, eu continuo sendo argentino, eu ainda viajo com passaporte argentino", explicou.

O Papa argentino, que em 16 de outubro canonizará no Vaticano o religioso argentino Rosario Brochero, conhecido como Padre Brochero, receberá na véspera o presidente Mauricio Macri, em uma audiência privada que deverá resolver velhas tensões.

"Chama-me a atenção que a Argentina seja elogiada por sua geografia, sua riqueza, temos de tudo: montanhas, florestas, planícies, costas, todas as riquezas em mineração. Temos tudo. Que país rico! Mas a maior riqueza que nossa Pátria tem é o povo, este povo que sabe ser solidário, que sabe caminhar um ao lado do outro, que sabe se ajudar, que sabe se respeitar", afirma.

"Eu respeito esse povo argentino, amo, levo em meu coração, é a maior riqueza de nossa Pátria. E, embora não possamos dar as mãos, contem com minha memória e minha oração para que o Senhor os faça crescer como povo", acrescentou.

Antes de se despedir, o Papa latino-americano enumera "os deveres de casa" dos argentinos, entre eles visitar os doentes, dar comida aos famintos, dar abrigo ao peregrino, vestir quem não tem roupas, visitar os presos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos