Cinco soldados e um policial morrem em bombardeio do Exército no Afeganistão

Cabul, 1 Out 2016 (AFP) - Cinco soldados e um policial morreram em um ataque do exército afegão, no mais recente incidente de "fogo amigo" a deixar vítimas no país, informou neste sábado uma autoridade afegã.

Helicópteros afegãos lançaram "por engano" duas bombas sobre suas próprias forças que tinham pedido apoio para contra-atacar uma agressão dos talibãs na província de Farah (oeste), no final da sexta-feira, declarou Dawlat Waziri, porta-voz do Ministério da Defesa.

"Devido a um má coordenação, os helicópteros lançaram suas bombas contra um reduto das forças afegãs matando infelizmente cinco soldados e um oficial da polícia", declarou à AFP.

As forças americanas não estavam envolvidas neste incidente que ocorre após uma série de erros: na quarta-feira 15 civis morreram em um ataque americano dirigido a combatentes da organização Estado Islâmico (EI) em Nangarhar, no leste do país.

A ONU denunciou este ataque e exigiu uma investigação.

No mês passado, a aviação americana também foi acusada de matar oito policiais na província central de Uruzgan em um ataque dirigido oficialmente contra rebeldes que atacavam um posto policial.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos