Começa demolição do acampamento de migrantes de Calais

Calais, França, 25 Out 2016 (AFP) - Equipes de remoção de escombros, escoltadas por dezenas de policiais, iniciaram na tarde desta terça-feira a demolição de tendas e barracas que abrigavam os migrantes do acampamento de Calais, que começou a ser evacuado na véspera, constataram jornalistas da AFP.

As equipes utilizavam serras elétricas para destruir os refúgios feitos de madeira e maquinaria pesada para remover os escombros deste acampamento no norte da França onde até domingo se reuniam em condições sub-humanas entre 6.000 e 8.000 migrantes que buscavam chegar ao Reino Unido.

Antes do início da demolição, voluntários e funcionários passaram por cada uma das tendas para garantir que estavam vazias.

Até a tarde desta terça-feira, mais de 3.000 migrantes haviam sido evacuados, no segundo dia da operação de desmantelamento, decidida pelo governo francês com fins humanitários.

Os migrantes, a maioria afegãos, sudaneses e eritreus, que abandonaram seus países fugindo de conflitos e da extrema pobreza, foram levados em ônibus a centros de acolhida espalhados por todo o território francês.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos