EUA mataram 28 'terroristas' no Iêmen

Washington, 23 dez 2016 (AFP) - Os Estados Unidos realizaram nos últimos meses nove bombardeios aéreos no Iêmen, que provocaram a morte de 28 "terroristas", informou o Pentágono nesta quinta-feira.

O Comando Central do Exército americano (Centcom) afirmou que os ataques perpetrados entre 23 de setembro e 13 de dezembro foram dirigidos contra membros da Al-Qaeda na Península Arábica (AQPA).

"AQAP é uma organização terrorista internacional com um histórico de ataques contra Estados Unidos e seus aliados", assinala em um comunicado o porta-voz do Centcom, Josh Jacques, em referência à tentativa de atentado contra um avião comercial no território americano, em 2009, ou o massacre no jornal satírico francês Charlie Hebdo, em 2015.

AQAP e o Estado Islâmico têm aproveitado o conflito entre o governo iemenita e os rebeldes xiitas huthis para expandir sua presença no país.

A guerra no Iêmen já deixou mais de 7 mil mortos e 37 mil feridos desde seu início, há 21 meses, de acordo com a ONU.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos