Panamá pedirá informação aos EUA sobre Odebrecht

Panamá, 22 dez 2016 (AFP) - O Ministério Público do Panamá solicitará informação aos Estados Unidos sobre a Odebrecht, após a divulgação de um acordo entre a empreiteira brasileira e o departamento americano de Justiça.

O Ministério Público "solicitará por meio oficial aos EUA informação sobre o caso Odebrecht" para saber como a empreiteira pagou subornos a funcionários panamenhos em obras realizadas no país.

Segundo documentos divulgados nesta quarta-feira pelo departamento de Justiça, entre 2010 e 2014 a Odebrecht pagou mais de US$ 59 milhões em propinas a funcionários públicos e intermediários no Panamá, inclusive um alto funcionário vinculado a obras de infraestrutura.

De acordo com o documento, a Odebrecht recebeu mais de 175 milhões de dólares com os contratos obtidos no Panamá por meio de subornos.

Odebrecht e sua filial petroquímica, Braskem, concordaram em pagar uma multa recorde de US$ 3,5 bilhões para resolver um amplo processo de pagamento de propina a funcionários dos governos de Brasil, EUA e Suíça, vinculado às investigações da Operação Lava-Jato.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos