Morte do suspeito do atentado de Berlim é um "alívio", afirma Alemanha

Berlim, 23 dez 2016 (AFP) - A morte anunciada na Itália do suposto autor do atentado de segunda-feira em uma feira de Natal de Berlim é um "alívio" para a Alemanha, anunciaram as autoridades do país, que agradeceram o governo italiano.

"Vão se somando indícios de que se trata realmente desta pessoa", ou seja, o tunisiano o Anis Amri, e "se isto for confirmado, o ministério do Interior ficará aliviado de que esta pessoa já não represente nenhum perigo", afirmou o porta-voz da pasta, Tobias Platte.

"Estamos agradecidos às autoridades italianas pela estreita troca de informações que aconteceu, em total confiança, durante a madrugada", disse o porta-voz da diplomacia alemã, Martin Schäfer.

"Nossos colegas do consulado geral em Milão foram informados muito rapidamente", explicou.

A porta-voz da chanceler Angela Merkel não fez declarações, já que a Alemanha ainda não emitiu nenhuma notificação por escrito.

"Peço um pouco de paciência", afirmou Ulrike Demmer.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos